~porcellis/softwarelivrenoestado

Repositório contendo código fonte do Manifesto por Software Livre nas instituições públicas do Brasil e por defesa da soberania tecnológica nacional.

Giuliano Belinassi via softwarelivrenoestado

a month ago

Wilson Marco Sales Moncayo via softwarelivrenoestado

a month ago

#Software Livre no Estado

Repositório contendo código fonte do Manifesto por Software Livre nas instituições públicas do Brasil e por defesa da soberania tecnológica nacional.

#Como é feito?

O projeto em si consta de um único arquivo no formato markdown e é transformado em um site usando o Pandoc através de um Makefile.

  • Pandoc - É um conversor de formatos universal, veja na documentação oficial os passos para instalar no seu sistema
  • Makefile - É um arquivo "universal" contendo uma série de diretivas de como construir alguma coisa. Se você usa alguma distribuição GNU/Linux ou macOS você já tem ele instalado.
softwarelivrenoestado.com.br/
├── footer.html                 # Rodapé do projeto
├── header.html                 # Cabeçalho com fontes e folha de estilo
├── LICENSE                     # Licença (GPL 3.0)
├── Makefile                    # Regras de construção
├── MANIFESTO.md                # Manifesto no formato markdown
├── README.md                   # Esse arquivo que você está lendo
├── resolucao.pdf               # Backup da Resolução GE 016/2020
└── style.css                   # Folha de estilos CSS

#Contribuindo

A ideia é construir com várias mãos. Portando a metodologia ideal é de se baixar esse repositório, modificar o manifesto e enviar as sugestões de modificações na lista de email para serem debatidas com todo mundo.

A lista de email permite, não somente um espaço de diálogo universal, como um espaço distribuido e simples, características próprias do sistema de email que vinga a mais de 50 anos.

De qualquer forma, também temos um grupo no Telegram (t.me/manifesto_software_livre), como um espaço de primeiro contato, sempre visualizando de que o espaço de discussão deve ser a lista de email.

Lembre-se de enviar o email no formato de texto simples, e não no formato dado como normal ou padrão que é o formato HTML. Consulte as informações do seu cliente/serviço de email para descobrir como modificar.

#Eu quero ajudar

Maneiro! Hoje temos um arquivo nesse repositório, chamado MANIFESTO.md, no formato markdown, que é um formato simples para texto e estamos usando Git para versionar e manter controle das mudanças feitas no manifesto e no site. Sugiro que, você se familiarize com esses conceitos antes.

Caso você já tenha usado Git, basta clonar o repositório:

git clone https://git.sr.ht/~porcellis/softwarelivrenoestado.com.br

Modificar o MANIFESTO.md usando seu editor favorito (Vim, Sublime Text, VSCodium)

Registrar as suas mudanças:

git add MANIFESTO.md && git commit

Enviar um patch para a lista de discussão:

git send-email --annotate to="~porcellis/softwarelivrenoestado@lists.sr.ht" HEAD^

Pronto! Todos inscritos na lista receberão seu PATCH e poderão opinar, construindo um debate plural a respeito das suas sugestões.

#Git? Enviar patch?

O Git é um sistema livre e distribuido de versionamento de projetos, conheça mais no Guia de Consulta Rápida do Git.

Por ser um sistema distribuido, e não centralizado (cof, cof Github) o git é feito para trabalhar em cima do email, então para mandar as suas modificações, basta disparar um email contendo o PATCH já formatado. O Git oferece isso nas suas ferramentas, o comando git-send-email (1), bastando instruir o git por qual servidor de email ele usar para se comunicar. Leia um passo-a-passo aqui (em inglês) e aqui (em português)

#Não sou uma pessoa muito tecnológica, mas quero ajudar

Tranquilo, você pode ajudar ainda divulgando o manifesto, gerando e contribuindo com discussões na lista de email, sugerindo mudanças e correções de ortografia no texto, etc.

#Licença

O código desse site está sob os termos da licença GNU GPL-3. E o conteúdo/texto sobre as atribuições da Creative Commons 4.0 International